Percurso Pedestre 'Trilho da Azenha da Ordem', Serpa
CONTEXTO LOCAL
Em Serpa descobrimos um território historicamente marcado pela relação direta com o Rio Guadiana e a posição geográfica de fronteira com Espanha. Este é o Alentejo dos grandes campos agrícolas e do latifúndio rural que, em tempos, foi considerado o celeiro de Portugal tal a quantidade de cereais então produzidos que alimentavam as azenhas do Guadiana, a grande estrada do sul do país, onde sabiamente se transformavam em valiosa farinha.

O PERCURSO PEDESTRE
A partir do jardim fronteiro ao cineteatro, seguir para norte e virar pela Rua da Abegoaria que levará para fora do núcleo urbano, passando pelo pavilhão desportivo municipal. Cruzar a circular externa e entrar no caminho de terra em direção ao Guadiana. Seguir sempre em frente cruzando vastos campos agrícolas e passar junto à captação de água da Horta dos Banhos situada em local onde já esteve instalada importante villa romana, conforme prospeções arqueológicas confirmaram no local.

Após passar pelo Monte da Caldeira e pelo Monte da Repoila, começar a descer por novo cenário de olival e montado de azinho que nos levará até às abandonadas Hortas do Lala e do José Garcia, avistando já o Rio Guadiana. Chegar junto ao rio e seguir pela esquerda pelo caminho rural que acompanha o seu curso até à Azenha da Ordem, engenho de moagem em excelente estado de conservação.

A partir do rio iniciar uma longa e suave subida pelos campos de montado de azinho passando o Monte das Melrinas e Monte do Gago, onde recuperamos a paisagem agrícola. Seguir pela estrada que entra em Serpa pela Eira de São Pedro, com a capela deste santo a dar as boas vindas.

Se desejar fazer-se acompanhar de um guia por favor contacte:
SAL Sistemas de Ar Livre >>> http://bit.ly/2ohxcUd
Momentos Fantásticos >>> 
http://bit.ly/2nTg3UR


FICHA TÉCNICA

Localidade: Serpa
Distância: 13,5km
Duração: 3/4h
Grau de dificuldade: Médio
Download do mapa do percurso >> http://www.visitalentejo.pt/fotos/editor2/mapa_10.pdf

NORMAS DE SEGURANÇA
- Faça os seus passeios em grupo. Se caminhar sózinho, deixe informação do percurso que vai fazer.
- Em passeios organizados cumpra sempre as indicações dos guias.
- Escolha a região onde se situa este percurso para ficar alojado, tomar as suas refeições e fazer as suas compras. Saúde a conviva com as populações locais.
- Utilize roupa e calçado adequados. Leve água e comida suficientes para a jornada bem como meios de comunicação e de primeiros socorros.
- Utilize apenas os trilhos assinalados e respeite a propriedade privada e pública. Mantenha os portões e cancelas como encontrou na sua passagem.
- Evite a recolha de amostras minerais ou vegetais e  a perturbação da fauna silvestre e do gado, mantendo-se o mais afastado possível.
- Tenha cuidado ao atravessar locais de risco. Na dúvida, volte para trás.
- Tome a maior atenção quando atravessar estradas, ruas e linhas férreas.
- Respeite a natureza envolvente. Evite usar cores chocantes e fazer ruídos desnecessários.
- Leve o lixo produzido e coloque-o nos contentores apropriados no local onde comprou os bens que deram origem a esse lixo.
- Não faça lume. Evite fumar ou faça-o apenas nas paragens.

herancasdoalentejo@gmail.com • +351 969 684 089
Parque Industrial e Tecnológico de Évora (NERE), Rua Circular Norte s/n, 7005-841 Évora, Portugal
© 2014 Heranças Do Alentejo • Termos e Privacidade