Venda do Duque , Arraiolos
PREÇOS e reservas
1 / 6

Venda do Duque:
Se escapar já não é fácil, encontrar o escape perfeito pode parecer impossível. Isto até ao momento em que se põe o pé na Venda do Duque.

A apenas uma hora e meia de Lisboa, a Venda do Duque não é um turismo rural, é o próprio Alentejo Rural, congelado em várias casas recuperadas com o cuidado de quem está a tentar preservar a herança dos bisavós. Ou não estivesse este segredo guardado na mesma família há mais de 5 gerações.

Quando a recuperação arquitectónica tem como base de trabalho o genuíno e autêntico, o resultado é este: casas caiadas de bom gosto e histórias para contar no pátio que as une. O que antes era uma mercearia, uma padaria e uma barbearia, hoje é o refúgio perfeito para quem quer descansar o corpo e a mente. O pátio outrora movimentado, hoje convida a ficar. E a piscina, emoldurada pela planície, parece que brotou ali espontaneamente, tão bem enquadrada que está com o resto da paisagem.

A estação de comboios desativada ali ao lado parece confirmar esta ideia de que o tempo parou para não incomodar quem visita a Venda do Duque. Voltar à terra depois de ter estado de volta à terra, é que vai ser mais difícil. Mas não será esta a única e verdadeira definição de turismo rural?

Alojamento
As casas acomodam respectivamente 10 e 4 pessoas e podem ser alugadas individualmente ou em conjunto.

Casa Grande
A Casa Grande é o resultado da junção do que outrora foi a taberna, a mercearia e a casa principal da família. A casa é perfeita para encontros sociais e acomoda facilmente grupos de amigos ou famílias grandes.

Descrição da Casa:

- Acomoda 10 pessoas

- 4 quartos com cama de casal

- 1 quarto com duas camas individuais

- Sala de Estar com TV (TV Cabo) e Salamandra

- Cozinha Equipada com loiças, acessórios e electrodomésticos (Máquina de Café DolceGusto)

- 2 Casas de Banho (Toalhas, Secador de Cabelo e Amenities incluídos)

- Berço disponível (crianças até aos 3 anos)

 http://abnb.me/EVmg/fj0Vy94eCE

Casa Pequena
Era nesta casa que se faziam os enchidos. Na actual sala de estar, tratava-se das carnes para depois serem salgadas nos compartimentos que agora são os quartos de dormir. No final eram fumados na grande chaminé da cozinha. É uma casa acolhedora para uma família pequena ou dois casais.

Descrição da Casa:

- Acomoda 4 pessoas

- 1 quarto com cama de casal

- 1 quarto com duas camas individuais

- Sala de Estar com TV (TV Cabo) e Salamandra

- Cozinha Equipada com loiças, acessórios e electrodomésticos (Máquina de Café DolceGusto)

- 1 Casas de Banho (Toalhas, Secador de Cabelo e Amenities incluídos)

- Berço disponível (crianças até aos 3 anos)

http://abnb.me/EVmg/hUPt0W6eCE

Origens:
São várias as referências à Venda do Duque ao longo dos séculos. Das mais notáveis, a menção que é feita num diário pertencente às tropas britânicas que referem terem pernoitado na propriedade em 1809, durante as invasões Napoleónicas. Em 1830, a Gazeta de Lisboa refere o local como paragem para descanso entre as 36 horas de percurso da Real Diligência. Em 1873, é inaugurada a estação de comboios da Venda do Duque, conhecida mais tarde como a estação do Vimieiro.

É em 1919 que a Venda do Duque fica oficialmente na posse da nossa família. Apesar de se tratar de uma pequena aldeia, a verdade é que na época fervilhava de vida. Para isto contribuíam vários factores: a estação de comboios do Vimieiro, pelo seu variado comércio local que acabava também por servir as populações vizinhas; a actividade agrícola da vila, nomeadamente a cultura do trigo; e mais tarde, durante o Estado Novo, a inauguração da escola primária.

A partir dos anos 70, a outrora pequena mas vibrante Venda do Duque, acabaria por entrar num gradual abandono após o encerramento da estação de comboios, da escola primária e consequentemente, do comércio.

Em 2014, a nossa família decide iniciar um cuidadoso plano de recuperação, mantendo a arquitectura tradicional e o carácter da propriedade. Finalmente, em 2016 a Venda do Duque ganha uma nova vida, focada em algo completamente diferente da anterior - o turismo rural.

PREÇOS e reservas
herancasdoalentejo@gmail.com • +351 934 626 740
Parque Industrial e Tecnológico de Évora (NERE), Rua Circular Norte s/n, 7005-841 Évora, Portugal
© 2014 Heranças Do Alentejo • Termos e Privacidade