Mértola

Num passado remoto, em particular até à definição da linha de fronteira com Castela, que a isolaria da secular ligação ao resto da Andaluzia, Mértola era um importante e animado posto comercial, o porto fluvial mais a Norte da grande estrada que era o Guadiana.

A sua privilegiada situação e implantação, ocupando um cerro íngreme cercado pela ribeira de Oeiras e pelo Guadiana, garantiram-lhe invejáveis condições de defesa, reforçadas com as imponentes muralhas que cintavam todo o conjunto edificado da velha urbe.

A combinação destes factores conferiu a Mértola uma importância histórica que o pequeno burgo actual, esquecido o estatuto que ostentou de cidade pré-romana, de capital de um reino taifa e de primeira sede de cavaleiros da Ordem de Santiago, longinquamente deixa adivinhar. ( fonte: IPPAR)

O que visitar

- Visita ao Castelo de Mértola (séc. X) e seus museus.

- Visita à antiga Mina de São Domingos (circuito com placards explicativos da actividade mineira e da geologia da zona)

- Igreja de Nossa Senhora da Anunciação (antiga mesquita do séc. XII)

- Festival Islâmico (próxima edição em 2009)

- Parque Natural do Vale do Guadiana

- Visita às caves da produtora de vinhos "Herdade dos Grous" (a cerca de 40 minutos de carro de Mértola).

herancasdoalentejo@gmail.com • +351 934 626 740
Parque Industrial e Tecnológico de Évora (NERE), Rua Circular Norte s/n, 7005-841 Évora, Portugal
© 2014 Heranças Do Alentejo • Termos e Privacidade